Educação Social

DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS PARA FAMÍLIAS DE ALUNOS DA BAIXA RENDA.

Diante da gravidade da situação vivida em todo o planeta, ocasionada pela pandemia do Coronavírus, o Governo Municipal de Campo Florido, através do prefeito Renatinho, tomou a decisão de distribuir às famílias de alunos de baixa renda, e em vulnerabilidade social, os produtos alimentícios adquiridos por meio de recursos oriundos do PNAE (Programa Nacional da Alimentação Escolar), vinculado ao FNDE, e com complementação financeira do próprio orçamento municipal, durante o período de suspensão das aulas, em virtude do estado de calamidade pública, decretado pelo Governador do Estado de Minas Gerais.

Para dar legitimidade e segurança jurídica ao processo de distribuição, o Conselho de Alimentação Escolar – CAE – de Campo Florido foi acionado, e a iniciativa foi aprovada com amplo apoio. Assim, amparados pelo bom senso, humanismo e sensibilidade, que devem nortear as boas práticas da gestão pública, foi aprovada a utilização dos alimentos armazenados nos estabelecimentos de ensino, a fim de atender as crianças matriculadas na Rede Municipal de Ensino e suas famílias, especialmente aquelas em situação de risco, com baixa renda, sendo que toda a doação será devidamente documentada em relatórios e planilhas, com acompanhamento e aprovação do CAE, elaborados pela nutricionista responsável, e pelo Departamento Municipal de Educação e Cultura.

Os produtos estão sendo organizados em kits alimentares, e a distribuição está ocorrendo em parceria com o Departamento de Desenvolvimento Social de Campo Florido.
O Departamento de Educação, e o Conselho da Merenda Escolar, estão acompanhando e auxiliando na entrega dos Kits. A presidente do CAE, professora Ana Lúcia Rodrigues, destacou que esta atitude da administração do prefeito Renatinho, vem no momento certo, para atender crianças que passam por dificuldades, e estão em situação de vulnerabilidade social.

A diretora do DEMEC, professora Regina Márcia, destacou que o departamento está organizando os recursos que seriam destinados à merenda neste período de isolamento social para continuar o programa de segurança alimentar para as crianças de baixa renda de Campo Florido, permanecendo a distribuição dos alimentos enquanto persistir a suspensão das aulas.

No primeiro momento, foram distribuídos os produtos alimentícios que estavam armazenados nas cantinas dos estabelecimentos de ensino, e segundo o prefeito Renato Soares, é preciso atender estas famílias, pois muitas crianças necessitam desta alimentação.

“Estamos fazendo a nossa parte nesse momento em que vivemos uma situação tão crítica em virtude dessa Pandemia. Não podemos abandonar nossas crianças, já que estamos falando do futuro da nossa cidade”, enfatizou Renatinho.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Você também pode gostar