Cultura

5º – WEBINÁRIO: “CULTURA, PATRIMÔNIO E TURISMO EM TEMPOS DE COVID-19”.

5º WEBNÁRIO:

 

No dia 30 de junho de 2020, às 19 horas, aconteceu o 5º – Webinário: “Cultura, Patrimônio e Turismo em tempos de COVID-19”, com o tema “Preservação e Conservação do Patrimônio Cultural no Brasil ”. O encontro foi facilitado pelo historiador – João Batista Mamédio e mediado pela historiadora Eliana Garcia Vilas Boas, da Secretaria de Cultura de Sacramento/MG.

A mediadora deu boas vindas a todos, agradeceu ao palestrante João Mamédio e a comissão executora do ciclo de Webinários; sendo composta por Julie Beatriz Ferreira, da Prefeitura Municipal de Campo Florido/MG e Fátima Alves – Diretora do Circuito Turístico Alta Mogiana.

João iniciou o webinário com a leitura de um texto abordando as mudanças na vida cotidiana e os impactos dessas mudanças nas políticas públicas de cultura e sobre a própria cultura enquanto dimensão e atuação do poder público.  João frisou que nesse momento, “a arte e a cultura se fazem necessárias ao ser humano, no tocante ao alívio da alma, que sente o peso da privação da liberdade e do viver em comunidade, sobretudo, da perda de vidas”.

No que tange a preservação e conservação do Patrimônio Cultural no Brasil João menciono ser uma das mais antigas políticas culturais – a que nos remete à década de 1930 da Era Vargas dando ênfase no trabalho desenvolvido por Mário de Andrade, pois o mesmo, tinha uma visão ampla da cultura e deixou seu legado histórico e cultural, nas poesias, em diversas obras literárias e em vários outros ramos da cultura brasileira.

Em seguida, o palestrante comenta sobre as diretrizes do IPHAN – Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; citou o Centro Nacional de Referências Culturais, mencionou também a Lei Aldir Blanc e a Lei Rouanet.  No contexto atual João Mamédio fala sobre as políticas culturais e o enfraquecimento do ministério da cultura, através da junção das secretarias de cultura e turismo. João ainda citou a importância da educação patrimonial e sua função em identificar a realidade do aluno como membro de uma sociedade.  As perguntas foram surgindo de acordo com a explanação realizada por João. Tivemos a participação de Tânia Omena, responsável pela Escola de Turismo da UNIRIO, que falou do curso de bacharelado em Turismo com foco em Políticas Públicas e Patrimônio Cultural do estado do Rio de Janeiro. Tânia também comentou sobre o receio e a insegurança social que ficará após a pandemia e parabenizou o projeto dos webnários, segundo ela “Cada município pode organizar um webnário como esse, com participação da área da cultura e das escolas. É preciso ouvir sugestões dos coordenadores escolares e levar até eles possibilidades de conteúdo. A questão da identidade cultural tem sido deixada de lado. A sensação de pertencimento vem desaparecendo. ” Em seguida, a senhora Aline Cristina Gomes de Souza da coordenadoria de cultura da cidade de Luminárias/MG, comenta que os “municípios devem utilizar do Programa de Regionalização do Turismo e do Ministério do Turismo para melhorar a qualidade dos trabalhos dentro da cultura e do turismo regional e que a Academia do Turismo tem amplas e plena condições de dar assessoria para os municípios e seus entes da cultura e a comunidade. ” Foi mencionado também que é possível disponibiliza a toda a população o conhecimento sobre o Patrimônio por meios das redes sociais e e-book, através dos canais digitais das prefeituras, pois, a maioria que acessa esses canais, são adolescentes e eles poderão fazer a difusão das tradições da cidade de uma forma mais moderna, diversificada e prazerosa.

No momento da reunião foi repassado o link contendo um material didático sobre a Lei Aldir Blanc, recém aprovada no congresso nacional https://sigajandira.com/leialdirblanc/

Tivemos participações dos estados de Minas Gerais, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo e Pará, vários agentes culturais e membros do conselho de cultura interessados no assunto. O Departamento de Educação e Cultura da Prefeitura de Campo Florido, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural de Sacramento (MG) e o Circuito Turístico Alta Mogiana agradecem as permutas de vivências oportunas nesse webinário útil e recompensador aos integrantes.

 

Historiadoras: Julie Beatriz Ferreira e Eliana Garcia Vilas Boas

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Você também pode gostar