Cultura

11º WEBNÁRIO: INSTRUMENTO DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: ESTUDO DE CASO DA ÁREA DE PROTEÇÃO DO AMBIENTE CULTURAL SÃO CRISTOVÃO.

11º WEBNÁRIO: Instrumento de preservação do Patrimônio Cultural da cidade do Rio de Janeiro: Estudo de caso da área de proteção do ambiente cultural São Cristovão

No dia 17 de julho de 2020, às 14 horas, a geógrafa e MSC em preservação do Patrimônio Cultural, Raquel Aquino de Araújo, ministrou o 11º Webinário: Cultura, Patrimônio e Turismo em tempos de COVID-19, com o tema “Instrumento de preservação do Patrimônio Cultural da cidade do Rio de Janeiro: Estudo de caso da área de proteção do ambiente cultural São Cristovão”. A mediadora Eliana Garcia Vilas Boas da Prefeitura de Sacramento/MG deu boas vindas a todos e agradeceu a palestrante e a comissão executora do ciclo de Webnários; sendo composta por Julie Beatriz Ferreira, chefe de seção de cultura da Prefeitura Municipal de Campo Florido/MG; e a senhora Fátima Alves, diretora do Circuito Turístico Alta Mogiana.

Raquel inicia o Webnário explicando sobre o órgão responsável pela salvaguarda do patrimônio cultural do Rio de Janeiro e um dos seus instrumentos de preservação, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. As ações de fomento para proteção à memória da cidade como os incentivos fiscais foram mencionados.

Projetos para a conservação da memória urbana foram demonstrados em fotos e organogramas para atividades de mobilização social. A proteção do bairro de São Cristovão, os bens tombados, os bens preservados, os bens tutelados e os mapas comparativos de avaliações de proteção para patrimônio cultural e os desafios e perspectivas do Patrimônio Cultural diante da atual crise pandêmica foram abordados pela geografa. Os furtos, as invasões em edifícios tombados, o vandalismo e a reabertura do turismo no Rio de Janeiro foi demonstrado em imagens na apresentação da palestra para mencionar a crise com os patrimônios e a crise.

Tivemos participação do senhor José Augusto Ortiz que destacou sua fala sobre as instituições relacionadas à preservação do patrimônio, os governos de diversas épocas, os referenciais externos e europeus sobre a seriedade dos mesmos com a responsabilidade da conservação e preservação do patrimônio cultural. Foi destacado a importância de trabalhar a educação patrimonial para a preservação dos bens culturais com a comunidade e as escolas em geral.

O Circuito Turístico Alto Mogiana, o Departamento de Educação e Cultura da Prefeitura de Campo Florido/MG e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural de Sacramento/MG, agradecem a presença de todos que compartilharam desse webnário.

Historiadora: Julie Beatriz Ferreira

 

Historiadora: Julie Beatriz Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Você também pode gostar